segunda-feira, 25 de março de 2013

Meninas...

Levantei a cabeça, sacudi a poeira e dei a volta por cima.

Obrigada pelas palavras de apoio de todas vocês.

Infelizmente fui mal interpretada e tive que ouvir um monte de besteiras por isso.

Tudo isso começou pelo simples fato de eu ter postado no face de que não me arrependo de não ter filhos, ao ver os marginais que existem no mundo.

As pessoas não respeitam nossa escolha, todas torcem o nariz.

Gente, que fique bem claro, eu ADORO crianças, tenho anos de experiências e muitos ex- alunos que me amam de paixão.

O "X" da questão é: eu não tenho coragem de colocar uma criança nesse mundão louco.

É muita maldade, muita violência...

Me dizem que sou egoísta,que só penso em mim, que não abro mão das minhas coisas.

Pelo contrário, na minha modesta opinião, seria sim, egoísmo da minha parte ter um filho pra preencher um vazio meu.

Sem falar que tenho uma irmã de 22 anos que é especial... E quando meus pais não estiverem mais entre nós ela será responsabilidade inteiramente minha. Ela é a pessoa que eu mais amo nesses mundo, ela é literalmente especial, uma pessoa muito querida. Me liga todos os dias pra dizer que me ama que está com saudade de mim, mesmo que tenha me visto naquele dia.

Vocês acham que não penso todos os dias nisso??

É muita responsa...

Meu marido até brinca que mesmo antes de nos conhecermos, nós á tínhamos filho.

O ruim é que muitas pessoas projetam sua felicidade nos outros. Seja marido ou filho... Eu não concordo som isso...

Filho não é garantia de felicidade.  Assistam os noticiários...

E por conta desse meu pensamento tive que ouvir que eu jamais serei feliz na minha vida, que eu nunca vou saber o que é amor de verdade, que eu vim pra fazer volume no mundo, a pessoa deixou de falar comigo e anda falando horrores de mim, distorceu tudo o que eu disse e entendeu que eu chamei os irmãos dela de marginais... Aff é uma longa história...

Não convém contar aqui, porque do jeito que eu sou zicada, capaz de dar BO.

Sabe quando a pessoa só tava esperando aquilo pra malhar o Judas??? Pois é... Essa Judas sou eu...

Mas querem saber??? Liguei o foda-se mesmo...

Odeio gente ignorante, odeio gente que não sabe interpretar o que os outros escrevem e odeio gente burra.

Quem não me acrescenta, não me faz a mínima falta.

Mudando de assunto.

Esse final de semana fiz um sábado de cinema em casa.

Ahhh gente, comprei um monte de porcarias...

Mas vocês acreditam que eu não consegui me empanturrar????

Não sei se me orgulho ou se me envergonho.

Comprei 11 filmes, já assisti 3...

Se quiserem eu passo o nome pra vocês depois.

Tem um que eu morri de chorar... Ai como sou tonta... kkkk

Hoje a RA foi tranquila.

Só não jantei, comi rosquinhas integrais com café.

Por hoje chega né??? kkk

Até amanhã gentarada linda!!!

22 comentários:

As fases de Guinha disse...

Adorei os vestidos tb.
Ah qto a suaopinião eu concordo com vc,só que preciro arriscar e ter um,mas sei que isso é uma coisa que tem qu ser amadurecida,pois assim como você tenho muito medo desse mundo louco.
Enfim temos que ser felizes ao nosso modo e isso é o que importa.

Mari Azevedo disse...

Adoooooorei "Quem não me acrescenta, não me faz a mínima falta." Vou escrever no meu caderninho da vida, kkkk.

Flor.. Bem, o que eu posso te dizer.. tenho uma amiga que já decretou que não quer ter filhos também. Por todos esses motivos que tu listou e por mais uns outros.. e cara, o que isso tem a ver com a vida dos outros? Nada. Não te apega nisso não.. tendo ou não tendo filhos a gente é alvo de críticas nada construtivas. Então, o melhor que tu faz é ligar mesmo o foda-se. Eu mesma tenho um bebê liiiiiiiindo fofo delícia de 10 meses, que veio sem pedir licença e nem pediu autorização. No susto mesmo! E daí? Quem liga? Uns dias que engravidei de proposito, outros me chamam de irresponsável, outros acham lindo eu ter tido a coragem de ter um filho. Independente da situação, ninguém paga o leite nem as fraldas dele. O que querem falando??? Ai que isso me indigna.

Bem, te sigo e te acompanho a tempos aqui no teu blog, mas acho que é a primeira vez que comento! E já falei demais, kkkk! Não vai te traumatizar, ein!!

Beijãaaaao, conta comigo!

SraRedonda Oblog disse...

FORÇA ISSO AI SACODE TUDO E MANDA VER! BEIJOS

Lis Bossini. disse...

Naya o povim chato heimmmm... fala serio..
Mas esta certissima viu,deixa o foda-se ligado..hunf.
Isso é uma decisão só tua, e realmente se hj fosse colocar na balança como anda o mundo, da mto medo msm de por filhos ao mundo, qdo não temos tempo nem pra nós msm. Graças a Deus consegui criar e educar (pelo menos fiz o meu melhor, e isso não significa q tenha realmente sido o melhor) minha filha, e hj ela é do bem.

mudando de assunto...
É claro q vamos nos conhecer, e vc será a proxima amiga q sairá do virtual pro real...rs
Bjus amiga até amanha.

Gi disse...

Oie Linda e dificil mesmo agradar a todos ne mais eu penso que cada um tem seu desejo tem uma opiniao e temos que respeitar isso nao e verdade, eu ate concordo em partes com você pois e uma enorme responsabilidade e da sim muito medo desse mundo de hoje em dia viu e cada coisa que vemos que so por Deus mesmo espero ter sabedoria pra dar o meu melhor ao meu filho passar valores. Mais em fim nem ligue mesmo pra certos comentários.
Cineminha eba tudo de bom né adoro mais to mais pra comedia do que drama rsrs que bom que nao se empanturrou pense que ja mudou sua rotina de vida e isso e maravilhoso bjs linda tudo de bom.

Demaquiladas disse...

Meu bem.
Respeito sua opinião. E acho que todo mundo devia fazer o mesmo.
Cada um sabe o que é melhor e para o que esta preparada nao e mesmo?!
Te apoio! C sabe!
Bjao

Márcia disse...

Oi Nayara que bom q está mais animada hj! Realmente as pessoas entendem o q querem por isso q dizem q somos responsáveis pelo q falamos não pelo q os outros entendem. Bjks

Luh disse...

E viva a liberdade de expressão né???

Esquenta não nay, a sociedade não muda, sempre tentando impor o que parece ser o 'normal', se vc é solteira te cobram: 'não vai arrumar um namorado não?" se namora: 'não vai casar não?' e se casa: 'não vão ter filhos logo não?"... é bem por aí, mas não esquenta vc tem liberdade de arbítrio pra decidir o que é melhor pra sua vida! e dane-se os outros... bjnhos, amei te ver de volta por aki, ah eu quero saber os nomes dos filmes

Suziane Burguez Proença disse...

Eu acho que cada pessoa faz suas escolhas, e ninguém tem nada a ver com isso.
Eu vivo dizendo que se não tivesse meu filho (hoje com 19 anos) eu não teria mais, justamente por isso que vc fala, a violência tá demais, o mundo tá demais, depois de ter um filho vc não tem mais paz em sua vida, seus pensamentos giram 24 horas por dia pensando na segurança, felicidade e saúde de seu filho. Eu não me arrependo de jeito nenhum, ele é tudo pra mim, meu maior orgulho, mas quando ele nasceu os tempos eram outros, a violência não era tão grande, a maldade, as drogas, e eu ainda era muito nova, não tinha consciência de que não seria eterna, kkkkkkkkkkkkkk. Isso mesmo, depois de ter filho a gente passa a ter muito medo de morrer, pois como ele vai ficar?
Quando ele tinha 14 anos casei com meu marido, que não tem filhos, e todo mundo me critica, me chamando de egoísta pq eu não quero mais filhos, sendo que ele não tem. Mas quando ele casou comigo sabia dessa minha opção de não ter outros filhos, e mesmo assim quis casar, e somos felizes, pq ele tem como nosso o meu filho. Só que as pessoas não respeitam isso e vivem me jogando na cara que eu TENHO que dar um filho pra ele, quando ele mesmo concorda em não termos mais. Vê se pode isso? E olha que não são só pessoas da família, são vizinhos, colegas, conhecidos, acredite se quiser.

Bom, mas não vamos ligar para essas pessoas, elas devem ter a vida muito medíocre para se preocuparem mais com as nossas vidas do que com a delas.

Menina, eu vou aceitar essas tuas dicas de filme sim, mas me manda só os nomes dos que tenham final feliz, pq eu odeio aqueles filmes com o final triste, kkkkkkkkkkkkkk, sou uma bobona, choro até em comerciais.
Eu adoro ver um filminho com meu amor pra relaxar nos finais de semana.

Bjuuuuuuuuuuuuuus amiga.

Ca Souza disse...

Olha eu penso exatamente como vc! Não quero e nem pretendo ter filhos e graças a Deus meu marido também não. Para muitas pessoas pode ser sim sinonimo de alegria, mas para mim não! Não tenho um pingo de vontade de ser mãe e sou infeliz por isso? AH por favor! Pode até ser que ter filhos seja bom, mas não ter é muito melhor e ponto! Essa é minha escolha e as pessoas tem que respeitar sim! É incrivel como as pessoas gostam de provar que estão certas né? Vc fez bem em tirar essa pessoa da sua vida! E sabe realmente oq eu acho? Será que lá no fundo ela nao sente uma invejinha de vc por ter uma liberdade que ela não tem por ter filhos? Bjus

Carla Renata Galassi (A Teimosa) disse...

Lindeza.. eu pratico o desapego desde ha algum tempo e foi a melhor coisa ke eu fiz.. deixa falar.. deixa azucrinar.. deixa pensar o ke kiser.. NÃO LIGO... bjs e uma ótima terça

cirurgiadajeeh disse...

Oi Nayara!
Eu entendo seu pensamento em relação aos filhos, tenho uma amiga que pensa igual vc, acho que é algo pessoal e cada um que decide se coloca ou não um filho no mundo, eu acredito que vc pensa com muita responsabilidade, pq as pessoas acham que é só botar no mundo e pronto né? (como muitas fazem)
Ninguém tem nada a ver com a sua escolha, é algo que pertence a vc e ao seu marido! não ligue pra opinião alheia!
Bjooos

Milena disse...

Eu não tenho Facebook justamente por isso é muita gente que te adiciona só pra encher o saco e ficar fuçando na sua vida. Eu tb. não tenho filhos, não tenho vontade de ter e acho responsabilidade demais colocar um ser nesse mundo louco. Penso igual você. Filho não é garantia de felicidade e ainda pode ser um grande desgosto (filhos drogados, bandidos).
De repente daqui uns anos talvez eu esteja preparada para ter um. Atualmente não mesmo.

Drika disse...

Eu tb não tenho filhos e n tenho vontade de ter e não sou egoísta por isso ,é decisão pessoal como as pessoas tem dificuldades de aceitar opinião alheia !!!bjss

Drika disse...

Vc me perguntou o que houve pois mencionei luto, no dia 28 de dezembro perdi meu namorado num assalto ainda estou me recuperando

Ninha Light disse...

Nayara... essa é a sua opinião. E quem não a respeita, deve ser limado da sua vida. Veja bem, eu disse: quem não a RESPEITA.
É lógico que quem quer que seja tem o inteiro direito de DISCORDAR de você... Mas daí a não respeitar o que você pensa e sair lhe ferindo, de difamando... é demais da conta, né?!
São pessoas fracas. Então, simplesmente as ignore. Não adianta bater boca, se estressar, sair do face... nada disso vai fazer com que mudem o cérebro de caroço de azeitona do ser incapaz de respeitar uma opinião diversa da sua.
Então.. abstraia tudo isso, e siga em frente!
bjos

Cris Campos disse...

hum... amiga... assunto polêmico... eu sou mãe de 3 filhos, mas de maneira nenhuma me sinto ofendida com sua postagem... mas filhos, nós só sabemos deles se o tivermos...
Amo amo amo meus filhos, são parte de mim, mas concordo com vc, não são sinônimo de felicidade, a verdade é que, ao contrário... haahhaa... não que não nos façam felizes, nos fazem e muito, mas é necessário muito muito empenho e a verdade é que, msm com tanta dedicação, ele pode sim virar um bandidinho da vida né?! ...
No fundo, egoísta somos todos nós, e a palavra nem tá certa, pq estamos só escolhendo cada um o que é melhor pra própria vida né?! ... E vc tá fazendo isso, escolhendo o que é melhor pra vc!! então relaxa com esse povinho que tá preocupado em cuidar da vida dos outros!! bjos
http://pesodos30.blogspot.com.br/

Angel Ligth disse...

Oi Nayara...

Vc está certa no seu pensamento...
Não acho que vc não será feliz por não ter filhos...cada um sabe onde mora a sua felicidade.

Tenho dois filhos, que amo mais do que minha própria vida, mas a maternidade não me cega, pois sei das dificuldades e privações que mãe/pai passam pra criá-los, dos riscos que todos corremos, pois o mundo não está muito fácil!!!

Acho ridículo quem faz esse tipo de julgamento e ainda tem coragem de criticar por suas escolhas!!!

Bjs!

IRIS HELENA SILVA disse...

É sempre assim, a gente fala algo e algumas pessoas se sentem tão incomodadas, não sei porque. Aqui em casa mesmo acontece. Não ligue, fez bem em sacudir a poeira.
Parabéns por ter se contido e não ter ingerido besteiras, pois não vale a pena.
Foco, força, coragem. Beijos

Deh Silva. disse...

Nayara já te sigo durante algum tempo acho seu blog bem legal geralmente quem está se preparando p cirurgia solta mão das dietas come o que pode com a ilusão que nunca mais mais vai poder comer o mesmo tanto, acho que você tá certíssima na sua decisão sou mãe desde os 14 tive muita sorte com o meu filho mas jamais teria outro filho muito menos agora com o mundo do jeito que está sem falar no quesito de o quanto um filho é caro amor não enche barriga de ninguém e acho que o amor mais verdadeiro que existe é o amor próprio e tenho 2 casos de amor de mãe e filho que não deu tão certo Minha irmã: o filho dela se tornou usuário deu um desfalque de 10 mil reais na poupança dela sem contar todos os objetos de dentro de casa que se foram ela colocou o filho p fora e já disse que só que ver ele novamente morto, já que quando ela foi falar com ele ele xingou ela de todos os nomes. . Minha amiga ficou contra o noivado do filho, ela nem foi convidada p o casamento dele e ele disse que só vai vê la novamente no funeral dela. Ter um filho não significa felicidade plena conheço muitos bons filhos e muitos maus filhos a decisão de colocar um filho na terra deve ser muito bem pensada. Um grande abraço.

Kel disse...

Acho complicado quando as pessoas pautam as outras de acordo com o que acham certo ou não. Elas se esquecem que como seres humanos somos diferentes e com desejos diferentes. Esquecem que respeitar o outro, mesmo que não concordem, é crucial para se conviver bem. Beijão.

Linda disse...

Oi querida!
Olha, eu assino embaixo da sua decisão e estou nude (bege tá fora de moda) com a sua maturidade. Não que eu te achasse imatura antes, mas tem que ser muito sensata e madura de verdade para tomar uma decisão dessas.
Eu engravidei por acaso. Não planejei nada e não planejaria também. Ao contrario de você, eu não gosto de crianças. Amo as minhas filhas porque são minhas filhas,isso é instantâneo graças a Deus!rs
Eu penso que uma mulher que tem juízo hoje não pensa em ter filhos. Existe toda aquela fábula a respeito da gravidez e da maternidade, fazem tudo parecer lindo, mágico e divino mas a realidade é outra.
Eu já sofro pensando no dia em que minhas filhas sairão sozinhas de casa para irem à escola ou a outro lugar e estarão vulneráveis a todo tipo de violência. Isso dói, isso me faz ter pesadelos e infelizmente é algo inevitável. Elas precisam viver, precisam cumprir as tarefas do dia-dia e eu só posso orar á Deus pedindo que as proteja.
Se você não sente vontade de ser mãe e seu marido não te cobra isso, considere-se uma pessoa de sorte! Evite mesmo a todo custo!
Super beijo!