quarta-feira, 25 de abril de 2012


Boa tarde suas lindas.


É... o cerco está se fechando para o meu lado...


Meu marido tá pegando muito no meu pé, porque agora desempregada, eu acabo dormindo tarde, alias, cedo (porque durmo quase que ao amanhecer). 


Normalmente eu já durmo tarde, ainda mais sem trabalhar, aiaiai viu. E era justamente a hora em que eu fica respondendo a vocês e escrevendo no blog.


Então, aproveito um tempinho que tenho pra colocar tudo em ordem.


Um assunto que quero colocar em questão é: comodismo X determinação...


Mas Nayara, o que você quer dizer com isso???


Antes de tudo, quero colocar em pauta e saber a opinião de vocês sobre o seguinte assunto: O movimento plus size e as gordinhas assumidas e bem resolvidas, eles realmente se aceitam ou se escondem por trás do comodismo ou da dificuldade em emagrecer??? 


Deixando bem claro que não estou criticando ninguém e nem muito menos fazendo apologia a nada.


Eu vou responder por mim... E vamos combinar... Que da minha pessoa eu entendo...


Eu sou uma tremenda cara de pau, sem vergonha!!!


Por muitos anos me escondi atrás do comodismo e me convenci de que o melhor mesmo era colocar a máscara de gorda feliz. Satisfeita com o corpo e com o estilo de vida.  




Eu sou muito feliz.


Mas sou feliz porque não projeto minha felicidade em nada. Nem no meu peso, nem no meu dinheiro (que eu não tenho por sinal kkkkk), nem no meu marido, nem em ninguém... Ou seja, eu sou feliz pelo o que eu sou, não pelo o que eu tenho. 


Só que eu não suporto conviver com a obesidade e todos os efeitos que ela me traz... 


As dores (literalmente),  preconceitos, vergonhas, situações inusitadas e muitas vezes humilhantes. Isso já ficou enfadonho...


Não quero mais conviver com isso!!!


Chega de sempre ter uma desculpa, um motivo pra não levar uma dieta a sério...


Chega de me convencer de que eu não tenho problemas por ser gorda...


Agora me falem... Quantas de vocês já passaram por isso???


Quantas arrumaram desculpas e mais desculpas para não emagrecer??? 


Eram felizes gordas, se aceitavam ou simplesmente fingiam?


Qual foi o ponto chave, a gota da água que as fizeram sair do comodismo, dessa zona de conforto e ultrapassou a linha da determinação??? 


Me contem suas lindas...


Histórias de incentivo e sucesso sempre são bem vindas.


Estou digitando esse texto e assistindo o jogo do Santos... kkkk


Tô muito tensa!!!


Beijokas light







2 comentários:

Rosangela Ferreira disse...

Sei não, eu acho essas modelos se escondem. Todas nós sabemos como é ser gordinha é muito chato ..eu acho que é comodismo, minha pura opinião, más se tem gordinha que é feliz ...amém né que seja feliz assim, mais eu quero é emagrecer hehehehe
acho que enfrentar isso é muito melhor, e lutar ..
adorei o post querida
beijos da Ro

Fabi Lange Brandes disse...

oi..... eu nao me aceito assim, nao me amo assim, eu só serei feliz quando for magra beijo